Blog Primeira Essência » Um lugar para se encontrar

Masthead header

Como prevenir o choque elétrico

Você já tomou um choque elétrico? Não são raros os casos de pessoas que passaram por essa experiência. Você pode ter sentido uma sensação de formigamento, ou dolorosa, talvez, se o choque foi pior, você teve até dificuldade de respirar. Não quero aqui dar uma aula de eletricidade, mas vale avisar que correntes elétricas entre 1mA (m = 0,001 e A = ampere) a 10mA podem causar a sensação de formigamento; 10mA a 20mA um sensação dolorida; maiores que 20mA pode levar a pessoa a ter dificuldade de respiração podendo levar a asfixia se não houver os devidos cuidados; mais de 100mA pode levar a fibrilação cardíaca (muito perigoso); com mais de 200mA os efeitos mais prováveis são graves queimaduras e parada cardíaca.

Não sei o quanto as consequências citadas acima já afetaram você ou alguém próximo, mas segundo o DataSUS na década passada houve mais de 13 mil internações com 379 óbitos por causa de choque elétrico e mais de 15 mil mortes imediatas causados por acidentes com eletricidade. O dado a seguir é ainda mais preocupante, pois choque elétrico é a terceira maior causa de óbito infantil.

Afim de dirimir as possibilidades deste tipo de acidente, especialmente com crianças, vou apontar alguns cuidados:

Use tomadas com o novo padrão brasileiro de plugues e tomadas! Sei que você provavelmente já teve experiências mal sucedidas com o novo padrão, precisava ligar o secador de cabelos e não tinha um adaptador para isso. O processo de transição de um padrão para outro sempre trás desconforto inicial, porém, anteriormente o brasileiro convivia em média com dez tipos diferentes de plugues e tomadas. O padrão vigente trás algumas seguranças bem importantes para diminuir os choques elétricos. Por exemplo, com ele não é possível encostar na parte metálica dos pinos estando eles energizados ou mesmo encostar na parte metálica da tomada (fêmea). Outro ponto importante é que quando ligamos um aparelho na tomada, o primeiro pino que entra em contato é o pino do aterramento, proporcionando maior segurança contra os choques elétricos.

Use aterramento elétrico! Se por um acaso você tenha algum equipamento elétrico com carcaça de metal (normalmente geladeira, forno elétrico, maquina de lavar, etc…), ou se um equipamento com carcaça plástica esteja com alguma parte metálica aparente (carcaça quebrada por exemplo) e por uma razão qualquer esta parte estiver eletrizada, o aterramento irá proteger uma pessoa ao tocar a parte metálica.

Use disjuntores DR (Diferencial Residual) na instalação elétrica de sua residência ou local de trabalho! Este dispositivo interrompe a passagem de corrente elétrica automaticamente quando detecta uma fuga de corrente. Em outras palavras, quando uma pessoa está tomando um choque elétrico, o disjuntor DR nota entrou mais corrente do que saiu (sendo bem simplista) e desliga este circuito. A norma NBR 5410 torna obrigatório seu uso em algumas áreas de maior risco, como locais com chuveiro, banheiras e áreas externas por exemplo.

Use equipamentos normatizados! Já ouviu falar que ‘as vezes o barato sai caro’? Isso é uma realidade constante para as pessoas que compram equipamentos que não foram testados por órgãos competentes. Os equipamentos  normatizados foram testados para as mais diversas situações de riscos e obtiveram resposta satisfatória.

E a lista pode ir aumentando, mas creio que estes são os principais. Existe uma coisa em comum em todas essas dicas, todos são obrigatórias em nosso país! Se seguirmos as regras estaremos protegidos. Se você tem interesse em melhorar a instalação elétrica de sua casa, quero ressaltar a importância de procurar um prestador de serviço que tenha conhecimento teórico e não somente prático em relação a instalação elétrica. E lembre-se que não é só porque você não está vendo a instalação elétrica que ela não precisa ser revisada e alguns casos substituída.

Espero ter ajudado quem acompanha nosso blog. E se precisar tirar alguma dúvida, entre em contato comigo pelo blog ou pessoalmente em uma de nossas programações da Primeira Essência.

Tiago Mateus
Eu sou Tiago casado com a querida Olívia. Aqui na IASD Primeira Essência fiz muitos e bons amigos, dentre eles Jesus.

Your email is never published or shared. Required fields are marked *

*

*