Blog Primeira Essência » Um lugar para se encontrar

Masthead header

De volta para o futuro

Está aí algo que por muito me incomodou e acredite, ainda incomoda…. “Preciosa é a vista do Senhor, a morte dos Seus Santos.” Salmo 116:15

Quem já não teve um alguém importante em sua vida sendo tirado (a) subitamente, ou por uma doença, acidente ou maldade alheia? Quem já não se questionou se Deus poderia ter agido diferente, ter curado, salvado, feito um grande milagre às custas dos nosso sonhos e desejos? Quem já não ficou triste com Ele por ter se mantido em “aparente” silêncio? Embora na sinceridade de nossos pensamentos gostemos de culpar alguém (Deus, na maioria das vezes), a culpa do sofrimento não é dEle, de maneira nenhuma! É de um ser que quer nossa constante destruição, o inimigo da raça humana, o diabo. Ele tem prazer na nossa dor! Mas não é dele que quero falar…

Perdi muitos entes queridos, e dentre as perdas a que mais me incomoda é a ausência de minha mãe. Ainda fico a pensar nos fatos relacionados a ela – palavras ditas, olhares, risos e coisas que ela fazia. Isso porque a minha própria mente agrupou e selecionou isso tudo. Há 12 anos de sua morte tenho sentido um processo lento que a tornará cada vez mais imaginária… Sentimento que nunca gostaria de ter; o de que ela talvez nunca tivesse existido, mas já me peguei pensando que Deus deveria ter ouvido meu clamor de “Volte”!

Seria egoísmo de minha parte pensar em mim querendo o seu retorno sem pensar nas aflições que ela passou? Quem não? Eu por diversas vezes já me questionei se um retorno (e se é que isso fosse possível), seria bom para ela. Egoísmo puro. Eu a quero de volta como um ingrediente na restauração do meu passado e uma segurança para meu futuro. Seria o meu desejo a pior coisa para ela? Uma vez tendo passado pela morte, voltar para depois, para um momento posterior, e ter de passar por todo o processo de morte de novo… Isso seria algo bom? Estêvão foi o primeiro mártir (Atos 7:54-60), mas será que não teria sido Lázaro (João 11:1-44) quem encarou o desafio maior?

Lázaro precisava voltar (basicamente para glorificar o nome de Deus, a divindade de Cristo e Seu poder sobre a morte) e Estevão precisava ir (basicamente para glorificar o nome de Deus por sua fé, para provar o poder da salvação em Cristo). Muito provavelmente não seria proveitoso para nenhum dos dois a situação em si, mas para auxílio na obra do Mestre de pregar quem Ele (Jesus) era, eles “testemunharam”, e creio que felizes por contribuir com a causa.

Há 3 semanas perdi minha última avó, ou seja, mais uma geração foi extinta. Mas desta vez considerei 4 pensamentos que me ajudaram a entender “Preciosa é a vista do Senhor, a morte dos Seus Santos.”

  1. O povo do Senhor é precioso aos olhos de Jesus. Eles são o dom de amor de Deus, Seu Pai, para Ele, Seus filhos, membros do Seu corpo e, portanto, tudo o que lhes diz respeito é precioso aos Seus olhos.
  2. Outra razão pela qual a morte de um santo é preciosa aos olhos do Senhor, pode ser porque marca o término de suas tristezas e sofrimentos.
  3. Porque a morte proporciona ao Senhor uma oportunidade de mostrar a Sua suficiência. Seu poder se aperfeiçoa na nossa fraqueza.
  4. Porque na morte o santo apenas dorme para esperar o chamado do Senhor. Ele nos garantiu: “E quando eu for, e vos preparar lugar, virei outra vez, e vos levarei para mim mesmo, para que onde eu estiver estejais vós também” (João 14:3). Cristo vai voltar para nos buscar e os que estiverem dormindo o sono da morte ressuscitarão ao som da trombeta e os vivos serão transformados! (I Tessalonicenses 4:13-18).

Tenho uma esperança tão quente em meu coração, e por isso compartilho meus sentimentos e a palavra bíblica sobre um assunto tão triste, delicado, mas com vitória! A vitória de Cristo na Cruz nos poupou da morte eterna. Hoje podemos ver pessoas queridas descansarem o sono da morte “passageira”, mas num futuro, não tão distante, voltaremos para o lugar de onde não deveríamos ter saído… Um Éden restaurado, melhor e mais bonito! A Nova Jerusalém! Todos de Volta para o Futuro!

Olívia Mateus
Amo ler, escrever e trocar ideias. Sou muito feliz pois sou casada com meu grande amor, Tiago Mateus, tenho amigos fantásticos e faço parte da comunidade Primeira Essência.

Your email is never published or shared. Required fields are marked *

*

*