Blog Primeira Essência » Um lugar para se encontrar

Masthead header

Resiliência Comportamental

Em tempos vigentes não é difícil perceber o quanto somos cobrados pelo alcance de metas e resultados, quer sejam na esfera profissional, social, amorosa e/ou pessoal. Realizamos diversos orçamentos e planejamos minuciosamente como iremos agir em nossa vida, porém existem variáveis que não podemos prever, e estas nos forçam a (re)plananejar e (re)agir em função delas. A variância das nossas atitudes frente a essas adversidades é o que determinará o quanto somos resilientes.

O termo “resiliência” é definido por alguns autores da psicologia como sendo a capacidade do indivíduo lidar com problemas, superar obstáculos ou resistir à pressão de atitudes adversas, sem que haja um desiquilíbrio na mente: É a capacidade de adaptar-se as mudanças de forma positiva. Mas como ser positivo numa sociedade que apenas nos imputa corrupção, crimes, deslealdade e guerras? A única saída que encontramos é desistir ou surtar quando algo adverso cruza a nossa frente.

Como a resiliência é uma qualidade que depende muito de fatores externos, não podemos determinar regras ou condições específicas para se obtê-la, porém podemos citar alguns comportamentos que são tidos como resilientes:

  1. Encarar mudanças e dificuldades como oportunidades: Ser resiliente é enxergar que as mudanças são uma oportunidade para o crescimento, enxergando as dificuldades como possibilidades;
  2. Autoconfiança: Está relacionado com a segurança que o indivíduo tem para encarar as diversas situações;
  3. Bom humor: Aqueles que se valem da resiliência, utilizam o bom humor para lidar os momentos de stress. Estas pessoas acabam por tornar o ambiente mais leve em situações difíceis;
  4. Controle emocional: Nas situações adversas, os ataques de ira não fazem parte daquelas pessoas consideradas flexíveis. O controle emocional permite que o resiliente não perca o foco e consiga se expressar de melhor forma nas situações difíceis;
  5. Empatia: Manter um comportamento resiliente pede uma boa dose de empatia. Saber se colocar no lugar do outro é de suma importância para minimizar e solucionar conflitos;
  6. Reflexão: Ter a capacidade de analisar e refletir quando o mundo está desabando em sua cabeça é um dos pilares que apoiam uma pessoa de atitude resiliente. Geralmente estas pessoas encontram as melhores soluções para os piores problemas;
  7. Sociabilidade: Quem tem um bom relacionamento interpessoal consegue criar vínculos com outras pessoas. Estas pessoas conseguem apoiar sua equipe e ser apoiado por ela nos momentos de dificuldade.

Talvez o termo ‘Resiliência’ seja novo aos nossos ouvidos, mas nenhuma dessas características resilientes citadas acima são novidades. Ao puxar na memória e fechar os olhos, podemos imaginar pessoas que estão em nosso convívio que se encaixam perfeitamente em tais características – talvez você possa até mesmo se perceber resiliente.

Na Bíblia podemos identificar inúmeros personagens resilientes reunidos num só lugar. O que falar sobre José? Ser odiado por seus irmãos, vendido, trabalhar como escravo, ser assediado e posteriormente preso não parece ser nada fácil, não é? Porém o alto grau resiliente que ele possuiu fez com que o mesmo superasse tudo isso e se tornasse o governador do Egito. “No mundo tereis aflições; contudo, tende bom ânimo” (João 16:33). Além de um alerta a seus discípulos há mais de dois mil anos atrás, Jesus traz à tona o comportamento necessário para com as situações conflituosas que nós passamos em dias atuais.

Difícil ser resiliente? Sim, porém no mundo frenético e dinâmico no qual vivemos, a capacidade de manter o foco diante das problemáticas fará com que você obtenha um maior êxito no cumprimento dos seus objetivos e metas de vida.

Estarei torcendo por você!

Dalton Leça
Olá, eu sou o Dalton. Um pernambucano arretado que trabalha como Analista de Negócios em Brasília e namora uma linda baiana que é médica em Campo Grande. Além de ficar claro que gosto de viajar, vale dizer que também gosto de ler e assistir um bom filme. Ah, e que fazer amigos é o que me norteia e faz feliz.

Your email is never published or shared. Required fields are marked *

*

*